Nossos Laboratórios

Em 2014, o FSMSSS lançou o Relatório dos Laboratórios de Políticas Públicas Universalistas (2012-2014), uma iniciativa feita em rede que instituiu os Laboratórios de Políticas Públicas Universalistas (LPPUs). Os LPPUs são espaços onde se pretende estabelecer a relação entre a crítica profunda à hegemonia neoliberal com a construção de um referencial de conhecimentos que deem base a uma contra-hegemonia e avancem para uma formulação de outra realidade, de outra proposta desejável como materialidade contra hegemônica. 

O tema central das proteções sociais universais é apresentado em uma articulação triangular com outras dimensões, onde o foco é produzir qualidade de vida e bem-estar das pessoas no marco da relação de respeito com a natureza e, então, caracterizar as múltiplas dimensões desse desenvolvimento sustentável, a partir de um modelo de produção com distribuição da riqueza (salários e sistema de tributação que recolhe da produção os recursos para as políticas públicas), e que inclui as proteções sociais ou seguridade social de caráter universalista com redistribuição da riqueza. Acesse o relatório completo aqui.

Se desejar fazer parte do Laboratório Político pelo Direito à Saúde ou da construção dos Laboratórios de Políticas Públicas Universalistas em sua retomada, entre em contato conosco. Convidamos a todes, pessoas físicas e organizações, que façam parte de nossos projetos.

2ba428f49baf0f2aec8da8ae5d1a49a8.jpeg

Laboratórios de Políticas Públicas Universalistas na América Latina e Caribe

Junto ao desenvolvimento do Observatório de Conflitualidades Sociais, o FSMSSS está construindo a retomada da proposta de  Laboratórios de Políticas Públicas Universalistas na América Latina e Caribe, por meio da estruturação de núcleos comunitários interessados em constituírem laboratórios políticos que busquem a materialidade dos direitos sociais de sua região. Apesar do reconhecimento normativo da importância das políticas sociais para o bem-estar e desenvolvimento humano conforme estabelecido no direito humano à seguridade social universal em várias declarações, convenções e tratados internacionais, o provimento da seguridade social, particularmente nos países em desenvolvimento, está longe de ser universal. A Rede de Conhecimento de Laboratórios de Políticas Públicas em Seguridade Social Universal tem como objetivo expandir e compartilhar conhecimentos para empoderar atores no processo político-social no sentido de incidir politicamente e alcançar a seguridade social universal. Para alcançar esse objetivo serão constituídos espaços públicos para o desenvolvimento dinâmico de entendimento e mobilização. Esses espaços de conhecimento estão sendo estruturados, atualmente, no formato virtual, pretendendo disponibilizar um banco de materiais de referência bem como locais para discussão a fim de construir dinamicamente entendimento conceitual e prático, especialmente sobre estratégias de incidência política.

Laboratório Político pelo Direito à Saúde

Nossa entidade-irmã inserida na luta pelo direito à saúde, a Rede Brasileira de Cooperação em Emergências, constituiu em janeiro de 2021 o Laboratório Político voltado para a implementação das campanhas 4x4 e Aliança Cidadã pelos Tempos de Espera e Permanência Clinicamente Aceitáveis no SUS. Composta majoritariamente por bacharéis em Direito, juristas e organizações ligadas ao Judiciário, o laboratório tem como finalidade construir e organizar estratégias de incidência política, com propostas orientadas pelas campanhas já mencionadas. O lançamento oficial da Aliança Cidadã pelos Tempos de Espera e Permanência Clinicamente Aceitáveis no SUS será feita em breve, siga nossas redes sociais (Instagram: @fsm_saudeeseguridadesocial e Facebook: @fsmsss01) e a rede social da RBCE (@RBCE4x4) para acompanhar este evento. Para compreender melhor as propostas trabalhadas por este laboratório, clique aqui.

photo-1569437061238-3cf61084f487.jpeg